Contador grátis

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Filosofia de faqueiro

Eu tenho uma faca preferida para abrir coco verde. Ela tem o cabo branco e a ponta afiada. Isso significa que vou procurar por ela, mesmo suja, e quando outras estão limpas e disponíveis. Hoje usei ela de manhã. Depois ia usar de novo, procurei por ela duas vezes, mas não a encontrei. E pensando como podia estar acontecendo isso, já tinha usado ela horas antes, ela não deveria estar longe. Superei esse mistério e desconforto, usei outra faca para a tarefa. Fiz e tive um resultado satisfatório, apesar de tudo que pensei antes de arriscar usar outra faca. Depois que usei voltei para a pia. Movimentei os itens e encontrei minha faca preferida, que não tinha visto antes, quietinha debaixo de um pratinho, como se tivesse brincado de esconde esconde comigo. Ela quase disse "achou!". Ela me ajudou a cortar um hábito. Me mostrou que dá pra fazer as coisas direito com as outras facas também. Dá pra fazer certo, mesmo que não seja exatamente do jeito que pensei antes, se conseguir abrir mão e escolher de novo qualquer coisa, até mesmo uma faca

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Which Grey's Anatomy Character Are You?