Contador grátis

domingo, 17 de agosto de 2008

82º Festa de Nossa Senhora Achiropita


Festa realizada anualmente todos os finais de semana do mês de agosto, na rua Treze de Maio a partir do nº 288, e outras duas ruas próximas: São Vicente e Dr. Luís Barreto, no bairro da Bela Vista, em São Paulo, também conhecido como Bexiga, com várias barracas que vendem comida típica italiana como: fogazza, fricazza, polenta, doces italianos, espetos de frutas cobertas de chocolate, pizza, churrasco, macarrão, lingüiça, barracas de souvenirs, barracas de diversões e bebidas. Toda a renda atualmente é convertida para as obras assistenciais. A festa começou em 1926 como uma quermesse com o objetivo de construir uma igreja maior, já que a capela na época estava lotada.
Além das barracas na rua, há a Cantina Madona Achiropita, com lugares reservados e preços variados, que além da comida, dispõe de salão com um locutor que fala das atrações da festa, localização das barracas e música italiana ao vivo, que é transmitida por meio de caixas de som espalhadas pelas ruas da festa.
Sou freqüentadora da festa desde 2001, todo ano as mesmas comidas, filas enormes, o grito de: “Olha o molho!” do pessoal que trabalha nas barracas da festa quando querem abrir caminho nas ruas, é fácil de reconhecê-los porque todos estão sempre uniformizados, usam bonés e crachás, já que a festa possui grandes patrocinadores, há também o comércio paralelo informal realizado por barracas não credenciadas e moradores da região que aproveitam o grande fluxo de pessoas para vender alimentos e bebidas até no espaço de suas residências.
Os freqüentadores são de todas as idades e perfis, homens, mulheres, crianças, famílias, jovens, que podem contar com policiamento e segurança privada nas ruas da festa, ambulatório e sanitário na rua Treze de maio.

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Filme: Nome próprio


Assisti o filme: Nome próprio, dirigido por Murilo Salles, com a atriz Leandra Leal, que vive a personagem blogueira Camila Lopes, baseada no livros: "Máquina de pinball" e "Vida de gato", escritos por Clara Averbuck, dona do blog "brazileira!preta", que teve mais de 1800 acessos diários, seu blog atual é "Adiós Lounge".
Acredito que todo mundo é um pouco como a personagem: às vezes segura, outras insegura e carente, que expõe seus sentimentos pela escrita, seja no papel, no blog ou na parede, que vive e ama intensamente, impulsivamente, a vida dela é um caos, Camila disse que seu problema era pensar que o caos era ordem...
Eu gostei de alguns detalhes como: o barulho de teclado, a variedade de locais: praia, bar, lan house e o mundo singular da personagem, mostrado em ambientes pequenos como um quarto quase vazio de um apartamento.
Notei que o filme parece bem diferente para o padrão de filmes nacionais que temos, bom mas também há cenas de sexo, cigarro e drogas, não como apologia, porém como coisas que continuarão a existir mesmo que a gente ignore a existência e que fazem parte daquele universo retratado com fidelidade.
Eu saí do cinema pensando em como continuaria a vida da Camila...
Essas são as minhas impressões, se puder vá ao cinema e tire as suas
Ocorreu um erro neste gadget

Which Grey's Anatomy Character Are You?