Contador grátis

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Festa Dia da Mesa completa dez anos no Jardim Felicidade

Uma festa comunitária no Jardim Felicidade,zona norte de São Paulo. Para ler o texto clique aqui

domingo, 15 de julho de 2012

Novas lixeiras invadem a periferia de São Paulo



Novas lixeiras invadem a periferia de São Paulo, mais um texto do Blog Mural, para ler clique aqui

quinta-feira, 21 de junho de 2012

No bairro de Jova Rural alguns postes estão fora das calçadas

Com os postes fora das calçadas os pedestres correm muitos riscos. Para conhecê-los veja o texto na íntegra no Blog Mural clicando aqui

quarta-feira, 20 de junho de 2012

O bairro de Jova Rural recebeu as primeiras faixas de pedestres

O bairro de Jova Rural recebeu as primeiras faixas de pedestres, mas os moradores querem outras melhorias. Para conhecê-las leia o texto integral do Blog Mural clicando aqui

terça-feira, 19 de junho de 2012

Virada cultural alternativa em escola de Guarulhos

Em maio a escola Parque Continental Gleba I em Guarulhos foi palco de uma virada cultural alternativa. Para ler o texto completo clique aqui

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Rua vira gramado mas continua com placas para pedestres

No bairro de Santana na zona norte de São Paulo uma rua virou gramado, mas as placas para orientar a travessia dos pedestres não foram retiradas. Para ver o texto e as fotos na íntegra clique aqui

Obras para melhorar o trânsito no Jaçanã

Dias atrás saiu um post meu no Blog Mural sobre obras para melhorar o trânsito na região do Jaçanã. Para ler clique aqui

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Falhas do Metrô

Falhas no Metrô são cada vez mais constantes no dia a dia dos paulistanos no transporte público. No início deste mês eu presenciei uma. Para ler meu relato publicado no Blog Mural clique aqui

sábado, 5 de maio de 2012

Aja como você deseja agir e não como os outros acham que deve ser

Um dia você se sente pressionado por um problema. Então você procura pessoas para desabafar, para que elas te ajudem a encontrar uma solução, e a cada pessoa que você escuta algo fica mais claro: a resolução de um problema seu e é responsabilidade sua. Cuidado ao se abrir, ao dar a voz ao outro. As pessoas podem palpitar, opinar, e cada um vai fazer isso de acordo com a própria experiência. Aprenda a ouvir, respeite opiniões divergentes, mas dê sempre a última palavra que pulsar no seu coração, mesmo que ela pareça insana aos outros, porém coerente com seus sentimentos. Seja sempre honesto consigo mesmo. Tenha peito para encarar e assumir suas escolhas. Visualize todas as oportunidades que você perderia se você assumisse uma rigidez que não é sua. Agradeça e potencialize sua capacidade de encontrar a paz e as melhores respostas sempre dentro de si.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Mulheres simples e a fé no futuro

Anos atrás fiquei dois meses desempregada, porém era qualificada, tinha experiência e um diploma de curso superior nas mãos. Estava frequentando uma segunda faculdade, mas com a preocupação das contas a pagar que não paravam de chegar, eu estava prestes a fazer uma entrevista para trabalhar com telemarketing.
Enquanto aguardava conversei com uma moça bem simples, também desempregada, ela não tinha curso superior, e era ex- funcionária de uma metalúrgica.
De repente apareceu uma pessoa da empresa e falou sobre o salário. Então ela perguntou quem queria desistir do processo.
A moça simples levantou, pegou suas coisas e foi embora, acreditando que poderia conseguir coisa melhor. Ao vê-la sair, eu olhei para mim e percebi que estava me menosprezando tentando aquela vaga, levantei e segui a moça. Se ela tão simples poderia conseguir algo melhor eu também poderia!
Dias atrás comecei um curso novo. Uma das participantes é uma mulher bem simples, vinda do Maranhão, deixou para trás a pobreza da família aos 15 anos, e desde então trabalha como doméstica em casa de família. Uma pessoa como ela, mesmo tantos anos depois, ainda tem esperança de mudar o seu futuro profissional, porque eu não teria? A fé em dias melhores dessa mulher também me tocou.
Essas duas mulheres me fizeram pensar na importância da fé no amanhã. Dias melhores virão!

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Batalha solitária


Diariamente passamos por batalhas. Algumas são públicas, nessas a gente faz questão de comemorar com os amigos e a família, como é o caso da conquista de um diploma acadêmico, um novo emprego, etc.
Outras bratalhas são silenciosas, passamos por ela sozinhos, mesmo que você comente com seus amigos, com seus pais, com um terapeuta, com seu gato, com seu cachorro ou com quem quer que seja. No final a decisão é sua. A vida é sua.
Muitas dessas batalhas a gente não comenta com ninguém, enfrenta sozinho todas as dúvidas, as dores, as consequências. Talvez não completamente sozinho. Nós podemos dividir esse fardo com Deus, ele aguenta, ele nos ajuda a encontrar as respostas, desde que saibamos ouví-las, porém não é fácil aprender a ouvir essa voz interior de Deus dentro de nós.
Você pode encontrar ajuda nos livros, mas terá que criar seu próprio método, nem todas as teorias prontas trazem o resultado desejado.
O mundo nunca vai girar na velocidade da nossa ansiedade. Dependendo de como você estiver se sentindo o tempo vai voar, ou se arrastará vagarosamente.
Lutamos contra os mal hábitos. Sorrimos sozinhos a cada pequeno passo conquistado, um dia de cada vez, cada um com a sua dor. Continue caminhando, continue respirando. Lute pelos seus objetivos. E quando você menos esperar a vitória sorrirá para você!
Ocorreu um erro neste gadget

Which Grey's Anatomy Character Are You?